Número total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Memorias

Estava escrevendo com um tradicional lápis de riscas amarelas e pretas, quando dei por mim a pensar… – E se os objectos tivessem memória?
Imaginem…!
Um lápis esse companheiro de muitas horas de escrita e divagação. Uma cama, essa escola de descanso, sonhos e prazer. Uma mesa, essa observadora de tantas conversas. Ou… um lugar, uma casa, um banco de jardim, um muro á beira-mar, um esconderijo…
Naturalmente seriam esses, os principais testemunhas da nossa privacidade. Seriam eles que no futuro, nos iriam avivar uma memória cada vez mais curta e indefinida.

dobicodacaneta, 22-11-2010

Sem comentários:

Enviar um comentário

Mensagens populares